ENTENDA OS TIPOS DE TINTURA PARA CABELOS

Existem basicamente 4 tipos de tinturas:

· Temporária: Adiciona cor sem mudar radicalmente a cor natural dos cabelos. A tinta contém pequenas moléculas coloridas que entram pela cutícula do cabelo, ou na camada externa, e penetram no fio. Elas não interagem com os pigmentos naturais. E uma vez que as moléculas são pequenas, elas saem dos fios depois de várias lavagens, deixando o cabelo como era antes do tratamento. Esse nível geralmente dura poucas lavagens, cobrindo 50% das partes grisalhas, realçando a cor natural e não deixando nenhum vestígio. Essa coloração não vai clarear a cor de seu cabelo, porque não contém amônia ou peróxido.

·      Dica: é a mais comum das tinturas e a escolhida por quem quer mudar temporariamente a cor de seus cabelos. Vêm normalmente na forma de cremes, géis, mousses e sprays. Como não penetram ou modificam a estrutura do cabelo são as escolhas mais seguras e menos agressivas à sua saúde.


· Progressiva: é composta de soluções aquosas de sais metálicos, mais comumente acetato de chumbo. Nesse processo, utilizado para escurecer os cabelos grisalhos, o chumbo combina-se com o enxofre que está presente nas proteínas do cabelo, formando o sulfeto de zinco, cuja cor é... preto. Como o sulfeto de chumbo é muito pouco solúvel em água, esse tipo de tintura permanece mais tempo do que as outras. O problema é que o chumbo é um metal pesado, cujo acúmulo no organismo pode causar anemia, dificuldade de aprendizado e atrofia muscular.

· Semipermanente: esse produto tem maior duração, resistindo um pouco mais às lavagens. Nesse processo, as moléculas de pré-coloração penetram na cutícula e penetram parcialmente no fio, no qual se associam para criar moléculas de coloração de tamanho médio. Seu tamanho maior significa que elas vão demorar mais a sair. Esses produtos não contêm amônia e, por isso, o pigmento natural não pode ser clareado. Também cobre as partes grisalhas. As cores temporárias ou semipermanentes podem ficar definitivas em cabelos com permanente ou já coloridos.     

Dica: Um pouco mais invasivo do que as cores temporárias, mas ainda seguro, mesmo com a adição de peróxidos.

· Permanente: isso é o que você precisa para uma mudança de cor mais significativa; de preto para loiro você ainda vai precisar passar por um processo de clareamento duplo e é bom que seja feito por um profissional. Nesse nível, tanto a amônia quanto o peróxido são usados. Pequenas moléculas penetram totalmente no córtex, onde reagem e crescem a um tamanho que não podem ser tiradas. Mas lembre-se que seu cabelo vai crescer com o passar do tempo. Esse produto age para clarear o pigmento natural do cabelo, formando uma nova base, para depois aplicar uma nova cor permanente. O resultado final é a combinação do pigmento natural de seu cabelo e da nova tonalidade escolhida. Isso significa que a mesma cor pode ter nuances diferentes em cabelos diferentes; é por isso que o "teste de mecha" é tão importante. Os retoques a cada 4 ou 6 semanas são geralmente necessários para eliminar as raízes - a cor natural de seu cabelo que começa a aparecer alguns centímetros todo o mês.

Dica: Definitivamente, é a pior maneira de pintar os cabelos. Para que a tintura se fixe ao fio, uma miríade de produtos químicos é utilizada. As colorações por oxidação necessitam de intermediários, como o PPD e peróxido de hidrogênio (água oxigenada) para oxidação, o que provoca o inchamento da cutícula do cabelo, permitindo que a tinta penetre no fio. Uma vez lá dentro, o agente destrói o pigmento natural (melanina) e substitui pela nova cor. Já as colorações progressivas faz a mesma coisa, só que gradualmente. Sua ação é devido ao acetato de chumbo, que é facilmente absorvida pelo fio e reage com a estrutura do cabelo. Com o tempo, ele substitui a cor natural pela nova cor. Apesar de banida na Europa e Japão, nos EUA e no Brasil, ele é permitido pela legislação, que a considera segura para uso no couro cabeludo. Cabe a você decidir se confia nos órgãos sanitários.
 

· Clareamento: Não é tecnicamente uma tintura, pois consiste numa reação química de oxirredução. A água oxigenada é dissolvida em solução com amônia em pH básico. Isso degrada as cadeias de melanina (que dão cor ao cabelo) produzindo moléculas menores e de coloração menos intensa. Em compensação é o processo que mais destrói os cabelos, pela quebra das proteínas, tornando-os mais fracos e quebradiços.

Como vocês podem ver, qualquer coloração envolve processos químicos com diversas substâncias que podem apresentar riscos à saúde. A atitude mais saudável é limitar sua exposição a todos os produtos químicos tanto quanto possível. Isto inclui rever seus conceitos sobre pintar os cabelos e tentar parecer mais jovem do que você realmente é.

Por Dr. Carlos Braghini, especialista em quiropraxia e autor do livro Ecologia Celular.



[O PRÊMIO]

1 Conjunto de Shampoo e Condicionador para Cabelos Danificados de Açaí - Super Lançamento da MultiVegetal!

[AS REGRAS]

1) Seguir @belezaorganica no Twitter
2) Twittar a frase ”Adoro a loja @belezaorganica e estou louca para ganhar o sorteio do novo shampoo e condicionador de Açaí @multivegetal!”
3) Morar em Território Brasileiro, e ter endereço de entrega no Brasil.
4) O concurso será de 15 a 29 de fevereiro e o sorteio será realizado no site Sorteador.
5) Preencher o formulário.

O ganhador será divulgado no dia  de março via Facebook e Twitter, e receberá um email do Beleza Orgânica.

Obs: Se no prazo de 2 dias o ganhador não retornar o contato, um novo sorteio será realizado.

BOA SORTE!

MINHA ROTINA DE BELEZA...

Como muitas pessoas me perguntam quais são os meus cuidados de beleza diários, resolvi escrever esse post. Primeiro me alimento superbem, tomo Suco Verde todos os dias de manhã, e muita água durante o dia, que são a base para uma pele saudável. Claro que procuro usar apenas produtos da Loja Beleza Orgânica, a não ser que seja uma categoria que eu ainda não venda. Então vamos lá! Acordo de manhã, limpo o rosto com a Loção Orgânica de Limpeza Facial Floral Ikove, borrifo a pele com o Tônico Facial Orgânico Açaí Ikove e passo o Hidratante Facial Diurno Açaí Chocolate Ikove. Se a pele estiver irritada ou vermelha por algum motivo (minha pele é muito sensível e alérgica), eu alterno o tônico com água termal, de qualquer marca. Ainda estou pesquisando produtos para a área dos olhos para vender na loja, e enquanto não resolvi, estou usando o Baume dex Yeux da linha Imortelle L’occitane, mas também só porque comprei na liquidação, porque o preço dele normal é R$105 e acho caro. O bom é que ele é nível 2 de toxidade no guia do EWG Skin Deep Cosmetics Database (de 0-10, sendo 0 o nível mínimo, e 10 o máximo).

No banho, lavo o rosto com o Sabonete Facial Suavizante Multivegetal, usando uma esponjinha de celulose. No corpo, eu uso só um pouco do Sabonete Líquido MultiVegetal com uma bucha vegetal, dessas baratinhas mesmo de farmácia, fazendo uma boa massagem para esfoliar e fazer uma drenagem para ajudar com a celulite, e o Sabonete de Neem em barra da Preserva Mundi nas partes íntimas ou onde a pele esteja irritada ou mais oleosa. Se o banho for durante o dia, eu repito a rotina de tratamento do rosto da manhã, senão já faço a rotina noite que é parecida, só muda o hidratante, no caso o Creme Facial Noturno de Rosas Ikove, e um óleo de rosa mosqueta na área dos olhos, que em breve quero vender na loja. Depois do banho, com a pele do corpo ainda úmida, passo o Açaí Body Butter Arte dos Aromas . Quando a pele pede uma hidratação extra ou depois de um dia de praia, troco o hidratante corporal pelo Óleo de Massagem Buriti Arte dos Aromas, que serve como óleo pós-banho também. E no inverno, quando a pele resseca mais, uso nos cotovelos, mãos e pés um pouco de óleo de coco misturado com umas gotinhas de óleo essencial de lavanda ou laranja, por exemplo - coloco num potinho usado qualquer que tenha em casa - é muito eco-friendly reusar, não só reciclar viu gente?!

Então, o que vocês acharam? Simples ou complicado? Como vocês podem perceber, alterno produtos com a mesma função dependendo de como estiver a pele, é importante conhecer o seu corpo e sentir o que ele precisa. E como na minha alimentação, procuro usar os produtos mais naturais que encontro para as minhas necessidades de beleza, e orgânicos sempre que possível. Bom, isso foi só a rotina básica de pele, depois farei a continuação desse post para os cuidados com os cabelos e outras dicas mais. Se ficarem com alguma dúvida, e só enviar um email para renata@belezaorganica.com e responderei com o maior prazer!