TOP 5 INGREDIENTES A EVITAR


Muitas vezes ao usar aquele produto de beleza cheirosinho e gostoso, as pessoas não se dão conta das substâncias tóxicas que eles contém. E muito menos de que quando tocam a pele e o couro cabeludo elas chegam à corrente sanguínea, e podem nos fazer mal. Assim como os agrotóxicos, muitas delas estão ligadas a distúrbios endócrinos e são cancerígenos, por seu uso prolongado. Estes ingredientes sintéticos são geralmente usados na indústria por serem baratos. Agora, o que mais assusta é que a maioria esmagadora das substâncias usadas em cosméticos não são testadas para segurança de uso porque ainda não há regulamentação adequada para isso. Mas isso é assunto para outro post. Vejam os 5 grandes vilões:

1 Parabenos (Metil, Etil, Butil, Propil e Isobutil Parabenos) – Conservantes que podem causar reações alérgicas e têm ação estrogênica comprovada - mimetizam o estrogênio e podem causar câncer de mama e puberdade precoce em meninas. Além disso potencializam a radiação UV.

2 Formaldeído (Formol) - usado em perfumes, alisantes, esmaltes, desodorantes e cremes como conservante. Lembrando que o uso do formol como alisante capilar é proibido pela Anvisa, que só o permite em 0,2% da composição do produto. Além de ser um carcinogênico comprovado, pode atacar o sistema imunológico e causar inúmeras reações – asma, fadiga, tonturas, dores de cabeça, alergia nos olhos e pele, etc.

3 Dietanolamina (DEA), Momoetalonamina (MEA) e Trietanolamina (TEA) – usados como emulsificantes e produtores de espuma em sabonetes líquidos e shampoos. São compostos da amônia e podem formar nitrosaminas quanto associadas a nitratos em outros produtos, que por sua vez podem causar tumores, disturbios endócrinos e reações alérgicas.

4 Lauril/Laureth Sulfato de Sódio – São surfactantes e detergentes que criam espuma em shampoos, sabonetes e pastas de dente. Derivados do petróleo, causam alergias na pele e couro cabeludo, e estudos indicam que podem causar danos ao sistema imunológico. Combinados a outras substâncias qúimicas também podem se transformar em nitrosaminas e dioxinas, que são cancerígenas.

5 Óleo mineral - assim como outros derivados do petróleo (silicones e parafinas) é usado pelas suas propriedades emolientes e lubrificantes. Em contato com a pele tende a tampar os poros, interfere no mecanismo de hidratação, dificultando a penetração dos ativos do produto e tendo ação comedogênica (causa cravos e espinhas). Além disto é poluente, contamina as águas do planeta.

Um comentário:

  1. A Linha Multi Vegetal fez a lição de casa! Toda a nossa linha FOGE de parabenos, etanolaminas, óleo mineral, lauril-sulfatos, etanolaminas, carbômeros, etc etc

    Visitem o site e confiram!!

    www.multivegetal.com

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pelo seu comentário! Equipe Beleza Orgânica