SALÃO DE BELEZA VERDE



Seguindo a nova tendência dos salões nos EUA e Europa, a empresária Viviane Guillaume e o maquiador e hair stylist Charles Santos se preocuparam com a sustentabilidade na hora de abrir o seu negócio, um espaço de beleza em Ipanema. A marcernaria é toda de madeira reciclada, e a iluminação feita com lâmpadas LED. No lugar de sacolas plásticas, ecobags fofas, de material reciclado com a logomarca do estúdio, foram feitas especialmente para levar os produtos vendidos no salão. As marcas de cosméticos usadas nas clientes é que ainda não são verdes, mas Viviane prometeu olhar o assunto com carinho e trazer novidades em breve. Ah, e também não se faz progressiva lá, pode ir sem medo de ficar respirando formol.

Mas o que mais me chamou a atenção foi a iniciativa de implementar um programa de coleta seletiva do lixo. As clientes são incentivadas a trazer os frascos de cosméticos usados de casa, para descartar por lá. As embalagens e resíduos produzidos são doados para a Coopama, uma  associação de catadores de lixo na Zona Norte do Rio, e beneficiam 64 cooperados, comandados por Wellington Meirelles. A Coopama por sua vez desenvolve programas para promover atividades educacionais e culturais com crianças e mulheres na comunidade de Maria da Graça. Quem sabe outros estabelecimentos poderiam adotar o exemplo? Considerando a quantidade de salões pelo Brasil afora, isto poderia fazer uma boa diferença no impacto socioambiental do país. 

Studio Chales Santos e Vivi Guillaume – Rua Visconde de Pirajá, 580 loja 312. Tel 2113-9567/2113-9542. Abre de terça a sábado, das 10hs as 20hs.

Comentários

  1. Salão Verde? usando cosméticos convencionais nas clientes? kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Amei a idéia! Bacana..

    ResponderExcluir
  3. Salão verde nada, se usa produtos comuns, é um salão comum, igual aos demais, quando usarem produtos ORGÂNICOS, ai sim podem ser chamado de salão verde...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá, obrigada pelo seu comentário! Equipe Beleza Orgânica

Postagens mais visitadas