O MITO DO ÓLEO DE ARGAN



Não aguento mais essa obsessão - #prontofalei! – por um ingrediente que vem de uma única reserva florestal no Marrocos, "o ouro do marrocos" ou seja, é um recurso limitado e caro. Apesar da sua extração ser sustentável, já há um declínio e mudanças no processo de produção, o que a longo prazo é predatório. Essa demanda louca por ele não é nada saudável para o ecossistema do local. O que acaba acontecendo é que os fabricantes usam só um pouquinho dele com diversos outros ingredientes muito mais baratos e disponíveis, sejam naturais ou não. Sugiro abrir o olho, ler os rótulos, procurar comprar produtos locais, provenientes de fontes não poluentes e sustentáveis. Assim incentivamos a nossa economia e protegemos o meio ambiente, principalmente porque o Brasil é o maior fornecedor de matéria do mundo para cosméticos.

A indústria da beleza, assim como a da moda, está sempre buscando as últimas novidades. É inerente ao ser humano essa eterna busca pela fonte da juventude. E claro que isso tem muito a ver com a nossa relação com a auto-imagem e a mortalidade, dois assuntos super delicados e um pouco tabu, na minha opinião. Enfim, o fato é que todo ano se houve falar de alguns ativos  nos cosméticos que acabam virando moda. Mas uma das maiores febres que já presenciei é o óleo de argan. Supostamente milagroso (quantas vezes já não ouvimos isso antes?) para resolver todos os problemas dos seus cabelos. Mas será que ele é isso tudo, comparado a outros óleos?  Há milênios as mulheres em todos os cantos do planeta usam óleos vegetais disponíveis no seu ecossistema para tratar a pele e os cabelos. A natureza é tão rica e oferece tantas opções - Oliva, abacate, semente de uva, babosa, jojoba, rosa mosqueta, buriti, cupuaçu... porque essa fixação no argan?

Tenho impressão que essa fama vem da tecnologia atual, que consegue combinar vários ingredientes e óleos diferentes, criando bons produtos, e estão vendendo apenas a “marca” argan, exótica e difícil de conseguir, por isso tudo mundo quer. Eu já vi que numa daquelas marcas que ficaram famosas pelo argan, de embalagem azul (não vou dizer o nome) a fórmula leva óleo de coco. Se é para usar coco, porque gastar tanto comprando um produto importado, que vem do outro lado do mundo? Vocês já pararam para pensar na emissão de carbono e impacto da sua escolha? Além do que, nem todo óleo é bom para todos os tipos de cabelos e pele. Cada pessoa tem um pele única, e que pode mudar ao longo dos dias, meses e anos, portanto o ideal é experimentar e observar, ver o que cai bem agora. Milagre não existe, pelo menos em relação a cabelos...

9 comentários:

  1. eu geralmente não vou muito pelas modinhas, mas admito que tenho óleo de argan puro que comprei na loja TheAllNaturalFace. adoro usar no cabelo.
    Estes que estão sendo comercializados misturados com um monte de silicones e outras porcarias químicas eu nem considero.
    Mas tb não descarto usar outros óleos. óleo de jojoba pro cabelo tb é mto bom.
    ;*

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    quero entrar no mundo do orgânico!! Queria um champo simples, natural, meu cabelo é castanho escuro, liso, normal... que marcas sugeres! Tenho receio de escolher um que pareça ser organico em vez de realmente o ser!
    Parabéns pelo blog... excelente informação!

    ResponderExcluir
  3. Olá, adorei seu post, e a proposta do seu blog! Sou prof.de yoga, vegetariana, amo produtos naturais. Confesso que uso vários tipos de cosméticos, até pq faço resenhas no blog... mas concordo com tudo isso aí que vc falou... o Argan foi realmente uma grande jogada de marketing!
    Abri um espaço lá no blog para cosmética natural...muito legal, vc vai gostar! Depois se quiser, faça-me uma visita ;)
    Parabéns pelo seu blog, e já estou te acompanhando!
    bjks
    http://www.clubedocabeloecia.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá Quélih seja bem-vinda ao mundo dos cosméticos orgânicos! Temos várias opções na nossa loja online, pelo o que você falou, o da Multi Vegetal para cabelos escuros deve funcionar bem. Veja nos links abaixo:

    http://belezaorganica.com/loja/index.php/cabelos/shampoos/shampoo-de-nogueira-p-cabelos-escuros-multivegetal.html

    e outras opções também aqui: http://belezaorganica.com/loja/index.php/cabelos/shampoos.html

    Qualquer dúvida sobre os produtos, pode mandar um email para atendimento@belezaorganica.com e terermos o maior prazer em ajudá-la!

    ResponderExcluir
  5. @Erika, obrigada, darei uma olhada no seu blog sim! Acompanhe também nossa página no Facebook:

    www.facebook.com/belezaorganica

    ResponderExcluir
  6. oleo de Argan é sem duvida de fato o melhor óleo. enquanto vender e eu puder comprar comprarei.

    ResponderExcluir
  7. É um excelente óleo, meu cabelo é extremamente ressecado e com o uso óleo de argan, está tendo uma grande melhora.

    ResponderExcluir
  8. O óleo de argan é excelente, meu cabelo é extremamente ressacado passei a usar o óleo orgânico e em menos de duas semanas ja vi o resultado.

    ResponderExcluir
  9. Bem interessante esse blog. Não conhecia. Gosto muito de produtos naturais em geral. Chás, semente do abacate, verduras e legumes orgânicos, etc. Colegas do blog, procurem saber os benefícios do óleo de rícino e de oliva extra virgem, vinagre de maçã orgânico, e o que nos oferecem de bom para pele e cabelos. Maravilhas. Entre outros já citados acima pela Renata. Uso e me dão até seis anos a menos do que tenho... rsrs

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pelo seu comentário! Equipe Beleza Orgânica